Ser mãe pela primeira vez, como lidar com a pressão?

Ser mãe é provavelmente o acontecimento da vida de uma mulher. Além de ser algo muito bonito onde se cria um laço de amor incomparável, é também uma grande responsabilidade. Quando se trata do primeiro filho, a pressão e o stress são ainda em maior escala. É um mundo que consegue ser ao mesmo tempo fascinante e assustador.

Ser mãe pela primeira vez

Como se costuma dizer, com o primeiro filho tudo é novo. Há o medo de errar, de falhar, de não estar à altura de uma tarefa tão exigente.

Quando se escolhe iniciar uma gravidez, a mistura de sentimentos é indescritível. Mas para mulheres, por vezes  e até mesmo meninas, que ficam grávidas sem contar, a pressão e o stress são ainda em maior escala.o stress e pressão de ser mãe pela primeira vez

 

Um mundo por descobrir

Quando uma mulher descobre que está gravida são mil e uma coisas que lhe surgem no pensamento. Por exemplo, ter cuidado com a sua saúde e do bebe, as consultas, comprar roupinhas e fraldas, a decoração do quarto, o carrinho do bebe… é uma lista que nunca mais acaba. E para melhorar as coisas, durante estes nove maravilhosos meses, as mudanças de humor são constantes e imprevisíveis. Definitivamente, ser mulher não é fácil. Mas neste caso, vale bem a pena.

Escolha a altura certa

Caso seja uma gravidez premeditada, tente escolher a altura certa. Ou seja, quando a sua vida estiver calma, com uma situação financeira aceitável e uma boa vida pessoal/ amorosa. Desta forma, será mais fácil lidar com  os níveis de stress e de ansiedade.

Aproveite o momento

É claro que estar grávida acarreta responsabilidades. No entanto, para o seu bem e para o bem do seu bebé, não é bom que esteja constantemente em stress. Por isso, tente aproveitar ao máximo este período da sua vida em que tem dois corações a bater dentro de si. Passear, ler, ouvir música ou até mesmo um pouco de meditação são algumas sugestões interessantes e úteis para aliviar um pouco do stress e da pressão de ser mãe pela primeira vez.

Você irá reparar que, caso venha a ter uma segunda gravidez, as coisas se vão tornando mais simples. É uma questão de se mentalizar e de ir tentando levar as coisas da melhor forma.

E por falar em aproveitar, pode sempre “explorar” um pouco o seu marido. Uma vez que a gravidez é conhecida por ter um período de desejos incontrolável, dê asas à sua imaginação e aproveite o fato de estar grávida.

Tudo por um grande amor

Pode não ser o processo mais fácil do mundo, no entanto é o maior recompensante. Não estamos a dizer que quando tiver o seu bebe nos braços, tudo vai mudar. Pelo contrário, a responsabilidade será ainda maior. Mas só o fato de o poder agarrar, sentir e cheirar vai fazer com que todos os nervos e situações não tão agradáveis durante os nove meses tenham valido a pena.

Leave a Reply

Close Menu